Caixas organizadoras

Organização de papéis: revistas e publicações

Porta revistas – faça você mesmo (inspiração Martha Stewart)

Colecionar ou manter revistas e publicações para estudo, consulta ou por necessidade criativa não significa que basta formar uma pilha. É preciso ter um sistema de organização bem definido e exato para não perder tempo na lozalização de cada exemplar  e nem  ocupar espaço desnecessário.

♦ Transforme caixas de papelão em porta-revistas recortando uma das laterais e a tampa. ♦ Forre com papel de sua preferência, adesivo , tecido ou outro material fácil de limpar e manter.♦  Identifique na lombada o conteúdo de cada porta-revistas. ♦ Pronto!

É claro que existem à venda em papelarias os  porta-revistas em acrílico, plástico, madeira, mas fazer os próprios organizadores também é uma terapia.

Organizar bijuterias

Bijuterias ou  jóias, o importante é estarem organizadas e protegidas de acidentes como fechos enganchados, fios partidos ou embaraçados.
Separe anéis, pulseiras, colares, brincos. Faça uma outra separação por material, cor, etc.
Use caixas para as peças miúdas mas não guarde  mais de 2 em cada uma. Organize um espaço para colocar as suas caixinhas: sobre um móvel no quarto, na bancada do banheiro.

 

 

 

Organização: Opções ao guarda roupas tradicional

 

 

 

Em algumas regiões devido  ao  clima,  as roupas guardadas  em  armários fechados e guarda- roupas  mofam e ficam umidas.

Nessa  e em situações de  falta de espaço ou como uma escolha mais econômica, a opção pode ser uma arara, um varão fixado na extensão da largura do quarto, uma prateleira fixa,  um kit de aramados.

Lingerie, meias, peças pequenas podem ser acomodadas em prateleiras dentro de caixas plásticas, em gaveteiros com rodízios, em cabides especiais e se o espaço permitir em uma pequena cômoda.

 

 

Toque de Organização – Dica # 32

 

Panos de limpeza

 

Separe os panos, escovas  e esponjas de limpeza para cada área da casa e aplicação dos produtos específicos.

Use  cores diferentes:  amarelo para a cozinha, verde para banheiro,  branco para sala.

Dica :  lave separadamente os panos e deixe secar totalmente antes de guardar.

 

 

Organizar o guarda-roupa para a nova estação: Antes e depois

 

Um armário pequeno com  espaço reduzido não impede a organização. O segredo é retirar das gavetas e cabides as roupas de outras estações e aquelas  que não usamos com frequência e guardá-las no maleiro ou em caixas apropriadas.

 

Depois

 

 

 

Organização:

Liberado o espaço nas duas prateleiras para a roupa de cama,  foi  feita a distribuição das peças da seguinte forma:

Bolsas: penduradas num cabideiro e  protegidas por saquinhos de malha

Blusas e malhas pesadas: dobradas, protegidas em sacos de tecido de algodão/tnt e acomodadas no maleiro.

Calças sociais foram penduradas nos  cabides junto com  casaquinhos/blazer, formando conjuntos . Os jeans foram dobrados e colocados na prateleira.

Nas gavetas foram organizadas as camisetas,  tops , regatas  e as malhas mais leves.

 

 

 

Cozinha – organização em espaços reduzidos

Quem mora em apartamento às vezes conta com  uma cozinha de dimensões tão reduzidas que para aproveitamento adequado do espaço precisa  usar muita imaginação e criatividade.

Alguns recursos podem ser a solução para a área de armazenamento, estoque de alimentos e utensílios:

. aumentar a área de armazenamento com prateleiras – nem sempre é possível instalar armários em número suficiente, ou driblar  a rede hidráulica (canos nas paredes) até o tamanho inadequado dos armários prontos encontrados no mercado.

As vantagens das prateleiras : encontram-se em várias lojas de móveis para a casa,  a instalação requer poucas ferramentas e não precisa ser feita por um especialista.

Mais dicas:

Escolha um conjunto compacto de panelas e utensílios para cozinhar
Opte por poucos itens de decoração
Organize um espaço para refeições com uma mesa dobrável
Complemente com ganchos e porta-trecos

mais sobre o tema: Extreme-makeover na cozinha  e Organização da cozinha

Esta semana coincidentemente este tema foi assunto em alguns blogs – veja o post da Ana Medeiros da Casa que a minha avó queria