Consultora de Organização residencial e empresarial

Reutilizáveis – filtro para café

Eu uso o tradicional filtro de papel para coar o café em casa. O coador de pano jamais seria minha opção ainda que reutilizável pela sensação de” gosto de pano molhado” que fica perceptível no meu paladar.

Esta semana encontrei na rede de supermercados e mercados de bairro Dia uma versão do filtro em polipropileno (com fibras plásticas distribuídas aleatoriamente as quais  contem microfuros  que aceleram a degradação*).
A textura (tecnologia do Tecido Não Tecido) é macia e permite a filtragem correta, sem resíduos, uniforme. Sem o gosto do pano ou do papel.

Nas orientações da embalagem (*)  os primeiros passos são os tradicionais: ajustar o coador no porta filtro, colocar o pó, despejar a água bem quente lentamente.

Sobre a conservação: depois de filtrado, separe a borra do café e jogue no lixo orgânico(*). Se você assim como eu não tem coleta seletiva e mora em apartamento o descarte é o lixo comum. E passo final, lavar em água corrente e deixar secar para reutilizar. A recomendação é descartar após cinco (5) usos.

Achei bastante interessante porque sempre me preocupa a exploração vegetal e o processo de produção de papel para  chegar branquinho  na cozinha. E se antes descartava 1 filtro de papel por dia agora descarto 1 filtro de PP a cada quatro dias (meu prazo ideal).

#umlixoamenos