Consultora de organização residencial e empresarial

31 de julho de 2015
por Ana Afonso
comentários

Mitos da limpeza doméstica – quanto mais produtos maior é a limpeza

 

Recentemente uma revista de decoração e coisas da casa de grande circulação publicou uma matéria com orientações para limpeza de banheiro onde estavam listados pelo menos oito produtos!

Os comentários nas redes sociais foram muitos e vejo com satisfação que muitas donas de casa e pessoas responsáveis pelos cuidados da casa já estão mais conscientes em relação ao consumo exagerado de produtos químicos na limpeza.

O conceito de que quanto mais produtos são utilizados maior é o efeito de limpeza esta ultrapassado e errado!

Uma limpeza eficiente e efetiva necessita basicamente de 3 produtos e nem sempre precisam ser utilizados ao mesmo tempo:

Desengordurante – Detergente – Desinfetante

É o produto utilizado de maneira correta o que torna a limpeza mais eficiente.

Prefira os produtos  multiuso: O mesmo produto utilizado para limpar as paredes azulejadas serve para limpar o piso, os vidros do box do chuveiro, as peças sanitárias.
Utilize o produto num borrifador: desperdice menos produto utilizando a maneira correta de aplicar.

 

30 de julho de 2015
por Ana Afonso
comentários

Guru da organização

Virou febre nacional. As orientações do livro de Marie Kondo causam reações de amor incondicional, criticas e dúvidas.
Ninguém mais inventa a roda porém sob o  ponto de vista da metodologia a  organização é uma constante evolutiva.
Na metodologia da especialista o  que mais provoca discussões é a orientação do descarte. Questão de interpretação, alguns entenderam  que deve-se descartar tudo de uma vez e outras como eu que é dentro da CATEGORIA da vez que se deve  descartar numa só etapa.
Evidente que não dá para manter ordem quando se tem excesso de objetos, roupas, calçados, itens afetivos.
Otimizar os espaços é o segredo para manter a arrumação. Como? Através da seleção dos objetos/coisas que usamos e que precisamos e a escolha dos lugares mais indicados para mantê-los.
De resto o caminho da organização passa pelo desapego.

hojeemdia

 

Imagem http://www.hojeemdia.com.br/almanaque/metodo-de-organizac-o-criado-por-japonesa-vira-fenomeno-mundial-em-livro-1.320199

27 de julho de 2015
por Ana Afonso
comentários

Gestão de mudança Ana Afonso

Sem tempo para todas as providências que envolvem a mudança para novo endereço?
Nosso serviço de gestão de mudança vai te ajudar e tornar essa tarefa menos estressante.

  • Cotação de transportadoras
  • Cotação de empresas de limpeza pós obra ou para faxina geral
  • Acompanhamento de instalação de armários e equipamentos durante a reforma
  • Providências para alteração de endereço junto à empresas de serviços , assinaturas e fornecedores.
  • Indicação de prestadores de serviço para pequenos consertos e tarefas como instalação de varal, colocação de cortinas, instalação de chuveiro, entre outros.
  • Organização pós mudança – armários, closet e ambientes.

Contato: contato@anaafonsoorganizer.com.br

 

durante

 

 

21 de julho de 2015
por Ana Afonso
comentários

Toque de Organização – cozinha

Armazenar facas corretamente ajuda a manter o corte das lâminas.

Use uma barra magnética para manter tudo  à mão e certifique-se que esta utilizando com a posição correta e segura das facas facilitando o alcance e sem risco de acidentes.

 

facas 2

Alinhe os cabos para evitar o contato da mão com o fio de outra faca no momento da retirada.
As peças sempre devem ser colocadas com os cabos posicionados para baixo.

facas 1

 

Orientações  de uso conforme site do fabricante.

14 de julho de 2015
por Ana Afonso
comentários

Mitos da limpeza doméstica – roupa de molho de um dia para o outro

maquina-roupas-de-molhoMuita gente acredita ser mais  eficiente colocar as roupas de molho em água e detergente (sabão em pó) na máquina de lavar por longos períodos e até de  um dia para o outro.

Conforme instruções  dos fabricantes dos produtos de lavagem de roupas  o tempo para o molho eficiente é de 1 hora para as roupas escuras e de até 2 horas para as roupas claras.

A ação de limpeza (soltar as sujidades das fibras)  cessa depois desse tempo e  a sujeira que estava em suspensão na superfície da água  acaba descendo e voltando para as peças onde vai se fixar novamente. Ou seja, você lava as suas roupas com água suja. Outro efeito negativo: as roupas  que permanecem de molho por muito tempo podem desbotar e  ficar com mau cheiro.

E assim, ao contrário do que muitas pessoas acreditam e recomendam, deixar as roupas de molho por mais tempo não as deixa mais limpas.

Dica: “O sabão em pó tem agentes cuja função é retirar as impurezas das fibras e deixá-las suspensas na superfície da água. Essa ação dura apenas 45 minutos. Depois disso, a sujeira vai descendo e volta a se fixar na roupa”, explica Ricardo.(Quality) Por isso, o ideal é que esse procedimento dure, no máximo, uma hora. Daí, ou você troca a água e o sabão em pó ou parte para a lavagem.”

8 de julho de 2015
por Ana Afonso
comentários

Curso de Organização e Administração Doméstica

b02

Ministrado desde 2012 por quem é especialista e destinado a quem quer administrar a casa com eficiência, o Curso de Organização e Administração Doméstica  aborda tópicos que permitirão de maneira prática  organizar e gerenciar as rotinas e as atividades da funcionária doméstica.

Em sua residência em cerca de  3:30 h faça o curso de administração e  organização doméstica de forma personalizada e direcionada às suas necessidades.

Informações: clique aqui

tel.: (11) 9919125.17
contato@anaafonsoorganizer.com.br

 

8 de julho de 2015
por Ana Afonso
comentários

Homens como cuidar das roupas sujas

Entrevista originalmente da Superinteressante, março 2011 – Fontes: Ana Maria Afonso, consultora de organização pessoal, Heloísa Lúcia Sundfeld, consultora doméstica da Help Personal Assistant, Ingrid Lisboa, especialista em organização da Home Organizer, Paula Levy, consultora de organização da DP Designer & House Organizer.

 

 

Leia aqui

4 de julho de 2015
por Ana Afonso
comentários

Organize a mala: boas férias, boa viagem.

mala

Personalize sua bagagem com uma fita colorida e etiqueta de identificação – use também  lacres plásticos nas alças e nos fechos, mesmo nos cadeados.

  1. Certifique-se de que sua mala é facilmente localizável, tanto na esteira do aeroporto para que você a retire rapidamente quanto na eventualidade de extravio. Etiquetas fixas com dados de contato (nome, telefone, cidade/país) e um detalhe para distinguir a sua mala num universo de modelos parecidos.
  2. Não exagere! Melhor levar poucas peças mas que sabe que vai usar do que encher a mala com peças para usar eventualmente.
  3. Escolha a melhor maneira de colocar as peças na mala: utilize um sistema básico mas leve em conta se ao chegar ao destino as roupas serão retiradas para um roupeiro ou irão permanecer na mala. Isso faz a diferença na foma de dobrar e acomodar.
  4. Como organizar a mala – dicas e orientações para arrumar a mala.

 

24 de junho de 2015
por Ana Afonso
comentários

Mitos da limpeza doméstica – mistura de sabão em pó e água sanitária serve para tudo

Muitas vezes empregamos métodos de limpeza por força de hábito – adotamos os das nossas mães, aprendemos com empregadas da casa, não lemos os rótulos dos produto –  e  por falta de tempo de descobrir novas tecnologias (sim, limpeza tem tecnologia –  os produtos mais eficientes, eletrodomésticos inteligentes e características dos novos materiais que revestem nossas casas).

Segue o primeiro de uma série de mitos que sempre desfaço  nos treinamentos de organização doméstica que realizo.

Mito #1 – Misturar água sanitária e sabão em pó é a melhor solução para a limpeza de qualquer ambiente.
                                                                                      Não!!

tirar-manchas-boxe1

Quando misturamos  sabão e água sanitária eles  se neutralizam e portanto o processo de limpeza fica menos eficiente.
Além de ser necessário empregar mais energia nos procedimentos de esfregar ainda é preciso utilizar um volume de água maior para remover os resíduos o que significa desperdício de produtos químicos e de um dos recursos naturais mais escassos atualmente.
Outro efeito negativo é a eventual liberação  de gás tóxico resultante da reação química que pode causar problemas respiratórios e mal estar em quem estiver realizando o processo de limpeza.(*)
O correto portanto é a utilização de produtos específicos para limpeza pesada de superfícies, os desengordurantes sem enxágue  e removedores de manchas e desinfetantes.

Anote:

Água sanitária: pode ser utilizada para limpar pisos laváveis e superfícies azulejadas porém nunca deve ser misturada com outro produto de limpeza.
Sabão em pó: deve ser utilizado na lavagem das roupas, conforme orientações e indicação dos fabricantes.

 

* Fonte toxicologista Daniel Rebouças, Centro de Informações Antiveneno (Ciave), da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia